Histórico

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), unidade especializada da Polícia Militar do Estado do Paraná (PMPR), tem sua origem junto ao Departamento de Estradas e Rodagem (DER) como "Polícia das Estradas" no ano de 1946, e em 1951 passou a denominar-se "Polícia Rodoviária", tendo como seu comandante o Capitão PM Benedito Evangelista dos Santos e 33 (trinta e três) guardas, com o objetivo de executar o policiamento ostensivo nas estradas do território paranaense.

imagem em preto e branco de dois policiais rodoviários

No ano de 1960, existiam três Postos de Fiscalização de Tráfego: Rondinha (no Contorno Sul), Bateias (na Estrada do Cerne) e São João (na Estrada da Graciosa), onde atuavam policiais militares e servidores civis que pertenciam ao DER. Já em 1962 o Governo Estadual criou, como Unidade da PMPR, denominada "Corpo de Policiamento Rodoviário" sob única direção. Entretanto, só foi concebido em caráter definitivo, através do Decreto nº 16.316 de 27 de outubro de 1964.

Foto Antiga tropa BPRv em forma no QCG

Com a inclusão do Corpo de Policiamento Rodoviário no texto Constitucional, em maio de 1967, ficou extinto o Grupo Ocupacional do DER e seus integrantes que tinham interesse, foram submetidos a um curso de adaptação da Academia Policial do Guatupê, durante um ano, para então serem incluídos como Oficiais e Sargentos Especialistas, assim o policiamento ostensivo, preventivo e repressivo, em todas as rodovias estaduais e federais dentro do território paranaense , ficou sob responsabilidade da Polícia Militar, através do Decreto nº 12.471/68.

Em 1971, tendo em vista o desenvolvimento do Estado, tornou-se necessário adotar medidas mais qualificadas e aperfeiçoadas, sendo então adquiridos novos veículos, marca Volksvagen modelo Variant, equipados com maca móvel, caixas de primeiros socorros e equipamentos diversos para atendimento aos usuários, instituindo as novas cores padrão da Unidade, amarelo e preto, e destacando o símbolo da Polícia Rodoviária: O Delta.

um automóvel VW Variant, antiga viatura rodoviária.

O Poder Executivo autorizou, em 1974, o reaparelhamento do Corpo de Policimento Rodoviário e, no ano seguinte foi firmado o "Termo de Cooperação" entre o DER e a PMPR, que até 1975, possuía apenas três Companhias: 1ª Cia PRv em Curitiba, 2ª Cia PRv em Londrina e a 3ª Cia PRv em Cascavel, sendo então criada a 4ª Cia PRv em Maringá.

Em 08 de janeiro de 1976, com a Lei de Organização Básica da PMPR, nº 6774, o Corpo de Policiamento Rodoviário passou a denominar-se BATALHÃO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA (BPRv), como Unidade Especializada, subordinada então ao Comando do Policiamento do Interior, e com área de atuação nas rodovias estaduais e federais delegadas ao Estado do Paraná.

O DNER firmou convênio especial de cooperação, compromisso e delegação de encargos com o DER/PR, em 1978, para que realizasse a conservação e serviço de policiamento de algumas rodovias federais dentro do território paranaense. No mesmo ano, foi criada a 5ª Cia PRv em Ponta Grossa, através de ordem verbal do Comandante da PMPR, porém sua oficialização ocorreu através do Decreto nº 5.537, de 14 de outubro de 1982 e no Decreto nº 3.023 de 04 de fevereiro de 1994 foi criada a 6ª Cia PRv em Pato Branco.

Fodo do Memorial na Sede do BPRv

Em 26 de outubro de 2007, por ocasião do aniversário de 43 anos do BPRv, foi inaugurado em um memorial em reconhecimento ao trabalho dos homens e mulheres que se dedicam nas rodovias paranaenses, salvando vidas e garantindo um trânsito mais seguro. O memorial encontra-se na fachada das instalações da Sede da Organização Policial Militar em Curitiba e contém a seguinte mensagem:

"Aqueles que honraram com o compromisso de defender a sociedade com o sacrifício de suas próprias vidas"

O Ministério Público Federal ingressou com Ação Rescisória no ano de 2007, que propunha a devolução das rodovias federais delegadas ao Estado do Paraná, que compunham a malha cirscunscricional do BPRv. Assim, por decisão da Justiça Federal, foi entregue em 2010 em caráter defenitivo, para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), todos os postos localizados nas rodovias federais dentro do território paranaense, sendo a fiscalização, atendimento de acidentes e o policiamento já haviam sido entregues em 2009. Dezoito Prv's foram remanejados para rodovias estaduais, suscitando um novo desenho geográfico das áreas de atuação.

Computador portátil na VTR BPRv

A implantação de computadores portáteis com acesso à internet por intermédio de sinal de telefonia 3G, teve início no ano de 2000, possibilitando a lavratura de Autos de Infração de Trânsito e a consulta aos sistemas de informação em tempo real, sendo o prelúdio ao projeto de tecnologia embarcada.

Motocicleta Harley BPRv

As motocicletas Harley Davidson Road King Police, recebidas em 2008, se destacaram no evento da Copa do Mundo de Futebol, realizada em 2014 no Brasil. A cidade de Curitiba foi uma das unidades sedes, oportunidade em que o BPRv atuou realizando as escoltas de autoridades, assim como no evento da Tocha Olímpica em 2016.

Desde a sua criação como Unidade da PMPR, até a atualidade, o BPRv prestou relevantes serviços à comunidade paranaense, preservando a ordem e garantindo a obediência ao poder constituído, às leis e normas de circulação no trânsito rodoviário, através de suas 6 Companhias e 56 Postos de Policiamento Rodoviários distribuídos estratégicamente pelo Estado do Paraná.

Vida, nossso maior patrimônio.