Atendimento Durante a Pandemia

 

        O Chefe do Centro Odontológico, comunica que todos os atendimentos eletivos (agendados) foram suspensos, em razão da pandemia de COVID-19.

        Os casos de urgências inadiáveis em Curitiba e Região Metropolitana serão atendidos somente no Centro Odontológico do Quartel do Comando do Corpo de Bombeiros, sito à Rua Nunes Machado n° 100 (contato pelo fone: 3351-2055), de segunda a sexta-feira no horário das 8h às 11h e das 13H30min às 16h30min.

       Fora estes horários os pacientes que necessitem de uma intervenção de emergência, deverão dirigir-se ao Pronto Atendimento do HPM que tomará as medidas necessárias junto ao Oficial Dentista de Plantão.

São consideradas situações de urgência odontológica:

    Dor dentária, bucal ou periodontal (gengival) muito intensa, de origem odontológica, espontânea ou provocada por estímulos térmicos ou mecânicos mínimos e não respondente a tratamento farmacológico;

    Dente, estrutura protética fixa ou fragmento dentário em risco iminente de soltar-se e ser aspirado;

    Hemorragia intrabucal importante, que necessite sutura ou outra intervenção urgente;

    Trauma bucal recente, com forte suspeita ou evidências de fraturas dentárias ou ósseas, e dor;

    Condição buco-dentária que impossibilite a mastigação ou deglutição por causa odontológica.

 

 

Cel. QOS Dent. Renato Luiz Marini Filho,

Chefe do Centro Odontológico da Polícia Militar do Paraná

 

 

O Diretor de Saúde da PMPR  divulga o plano de contingência da Santa Casa de Misericórdia,  conforme segue:

Tendo em vista o momento atípico e de necessidade de medidas restritivas para controle da pandemia de Covid-19, o comitê de crise de enfrentamento ao novo coronavírus, juntamente com a direção da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba (ISCMC), informa novas ações para atuação em regime de contingência:

1.    É obrigatório, para todos, o uso de máscara e a manutenção da mesma durante todo o período de permanência no hospital;
2.    Está restrita a entrada de acompanhantes (apenas para pacientes que necessitem realmente de apoio, após avaliação da equipe multidisciplinar);
3.    Está estabelecida a triagem com aferição de temperatura em todas as portas de entrada para todos que utilizarem as dependências do complexo hospitalar;
4.    Reforço das orientações sobre higiene das mãos;
5.    Portas e janelas deverão ser mantidas abertas e, se possível, os pacientes devem manter distância entre as cadeiras ocupadas;
6.    Será priorizado, sempre que possível, o atendimento a pessoas acima de 60 anos e imunossuprimidos;
7.    O cancelamento de todos os exames eletivos e cirurgias eletivas, exceto exames de pacientes em tratamento oncológico e casos especiais, no período de 22 junho a 21 de julho;
8.    O atendimento ambulatorial será restrito às especialidade listadas a seguir, consideradas de maior complexidade e urgência dos casos:
•    Cancerologia geral clínica e cirúrgica;
•    Cardiologia: transplantes e insuficiência cardíaca;
•    Nefrologia: transplantes e insuficiência renal avançada;
•    Especialidades cirúrgicas: pós- operatórios;
•    Os atendimentos ambulatoriais seguirão rigor no agendamento, respeitando as diretrizes já estabelecidas para evitar aglomerações;
•    Para pacientes de outras especialidades, será realizada uma fila de espera para agendamento posterior ao período de contingência;
•    Todos serão informados por telefone sobre datas de novos agendamentos.

Com estas medidas buscamos reduzir a exposição de nossos profissionais e pacientes à contaminação.

Por fim, agradecemos a todos os médicos e colaboradores que estão atuando neste momento de crise, sempre com o objetivo de manter a assistência aos pacientes.

Reiteramos que a Santa Casa está a todo momento acompanhando os protocolos da Secretaria de Saúde e adotando ações em consonância com o que está sendo preconizado pelos órgãos públicos.

Qualquer novidade ou mudança de protocolo será comunicado a todos.

Contamos com a compreensão de todos e agradecemos antecipadamente.

        Outrossim informa que as consultas ambulatoriais,  ou seja,  aquelas agendadas na Maternidade Santa Brígida também estão temporariamente suspensas com o atendimento somente às urgências e emergências,  seguindo o mesmo fluxo acima descrito.

     O ambulatório do HPM permanece momentaneamente sem alterações.

       

 

Informe do Centro Odontológico da PMPR

 

 

   Com o objetivo de evitar riscos desnecessários de infecção pelo novo Coronavirus, os atendimentos odontológicos eletivos (não urgentes) continuam suspensos na Polícia Militar do Paraná. Essa posição tem o respaldo da AMIB/Conselho Federal de Odontologia (recomendações atualizadas em 01/06/2020) e da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Nota técnica 04/2020), entre outras entidades nacionais e internacionais.

O mesmo cuidado está sendo adotado por outros serviços odontológicos públicos e institucionais, como a Clínica Odontológica do Hospital Geral do Exército, o Centro Odontológico do CINDACTA II/Aeronáutica, ambos em Curitiba, e as clínicas odontológicas da Prefeitura Municipal de Curitiba, todos restringindo seus atendimentos aos casos de urgência.

Estamos continuamente monitorando a situação da pandemia no Brasil e em nosso estado, e as orientações das autoridades sanitárias e entidades técnicas e científicas para que, assim que seja possível e seguro, possamos retomar os atendimentos odontológicos normalmente.

Contamos com a compreensão de todos e reiteramos nosso comprometimento com a prestação de serviços odontológicos da mais alta qualidade, com toda a segurança necessária, aos militares, dependentes e pensionistas da PMPR.

Curitiba, 03 de junho de 2020

 

 

 

Cel. QOS Dent. Renato Luiz Marini Filho

Chefe do Centro Odontológico da Polícia Militar do Paraná