• novas viaturas
  • helicopter_graer
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Intranet
  • Estado

Policiamento da Capital

10/08/2017

Aniversário de 163 anos da Polícia Militar é marcado por homenagens a militares estaduais e liberação de recursos para reforma de espaço da APMG

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

A solenidade magna dos 163 anos da Polícia Militar do Paraná na Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), em São José dos Pinhais (PR), na manhã desta quinta-feira (10/08) foi marcada pela assinatura da autorização para licitação que prevê a reforma do Bloco 3 da APMG, no valor de mais R$ 3 milhões, e homenagens a militares estaduais, das Forças Armadas e autoridades civis pela contribuição cedida à corporação. Na mesma solenidade foi assinado o documento governamental que reconvoca o Comandante-Geral da PM, coronel Maurício Tortato, para continuar no Comando da Polícia Militar do Paraná, tendo em vista que ele se aposenta no próximo dia 13.
 
O Governador Beto Richa não pode estar presente na solenidade, foi representado pelo Secretário da Casa Civil, Valdir Rossoni, mas enviou uma mensagem para a corporação cuja parte do texto exprime a valorização e a importância que a Polícia Militar possui perante a sociedade. “(...) A esses homens e mulheres honrados, policiais e bombeiros militares, é que hoje ofertamos nosso mais franco reconhecimento, pois são o símbolo da persistência, da fé coletiva no equilíbrio e futuro da sociedade brasileira. Homens e mulheres que diuturnamente se fazem presentes em nossa defesa, sem sequer os tenhamos em conta ou lembremos de brevemente lhes saudar (...).”

A mensagem do governador foi lida pelo secretário Rossoni, que complementou a nota ressaltando a imagem que a corporação possui perante a sociedade paranaense durante estes 163 anos de história e prestação de serviços. “A Polícia Militar do Paraná é a instituição que tem maior respeito da comunidade, poder estar presente é demonstrar o carinho que a população tem pelo trabalho prestado pelos policiais militares. O Governo do Estado está dando as condições para que a PM possa desenvolver esse trabalho com toda a sua estrutura e preparo. Percebo também uma grande satisfação no interior do estado em relação aos trabalhos desempenhados por esta instituição”, afirmou.

Durante o evento, o secretário Wagner Mesquita salientou que a pasta tem buscado investimentos para melhorar a prestação do serviço da PM com novas viaturas, armas e outros equipamentos essenciais para a atividade operacional. Há a previsão de R$100 milhões pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para ser revertido à segurança. “A instituição se renova todos os dias com novos procedimentos, se moderniza e a Secretaria de Segurança Pública tem a obrigação de dar todo o suporte, logística e verba para que venham outros 163 anos de sucesso pela frente”, afirmou o secretário.

Por sua vez, o coronel Tortato enfatizou o peso estratégico que a corporação possui no cenário de segurança pública, conquistado por meio do empenho e dedicação dos militares estaduais que trabalham em todos os rincões do estado, além do reconhecimento do governador Beto Richa e da presença de dezenas de autoridades dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. “Cumprimos com nosso papel buscando excelência, qualificação profissional e, obviamente, preservando a ordem pública. Esse momento é para demonstrar gratidão aos militares estaduais, à estrutura governamental que viabiliza a atuação da Polícia Militar e à sociedade que reconhece nessa importante instituição um valor muito grande de convívio e de controle social”, afirmou.

A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, elogiou a postura e o profissionalismo dos policiais e bombeiros militares ao longo da história, bem como o juramente de servir e proteger o cidadão. “Tenho muito a agradecer pela maneira como esses militares estaduais trabalham, o respeito pelo cidadão e as ações desenvolvias em todo o nosso estado. Tenho um grande respeito pelos policiais militares porque independente de qualquer coisa, eles vestem a camisa, pedem a proteção para Deus e seguem para as ruas todos os dias nos atender sem nenhuma distinção”, apontou.

ASSINATURAS – O decreto de reconvocação foi assinado pelo secretário da Casa Civil, Valdir Rossoni, e pelo Secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita. A medida estende o tempo de permanência do coronel Tortato no Comando da corporação para continuar com os projetos sociais e operacionais já estabelecidos ao longo de sua gestão. Coronel Tortato se aposenta do serviço ativo no próximo dia 13 de agosto, mas continua como Comandante-Geral, por meio desse documento.

A autorização para a licitação que prevê a ampliação do Bloco 3 da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG) foi assinada pelos secretários Rossoni, Mesquita e outros secretários de estado presentes no evento. Com isso, a APMG, que já é referência nacional em ensino de segurança pública, ganhará mais condições para continuar a formação com qualidade e excelência.

HOMENAGENS – Os presentes acompanharam o momento de homenagens aos policiais e bombeiros militares que cumpriram com o dever e foram além do limite. Houve a entrega da medalha de Sangue, destinada aos militares que durante o cumprimento do dever, acabaram feridos e tiveram suas atividades físicas ou psicológicas afetadas.

Um dos homenageados foi o cabo Marlon Jean Carvalho, da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE), subunidade do Batalhão de Operações Especiais (BOPE). Ele se envolveu em um confronto armado, foi baleado e ainda assim conseguiu prender um suspeito. “Para mim é uma satisfação receber essa medalha, o reconhecimento da corporação para conosco nos motiva a sempre fazer o melhor pelo cidadão paranaense”, disse.

Também foi entregue a Medalha Mérito Escolar, destinada aos primeiros três colocados do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO): capitão Alfredo Euclides Dias Neto; capitão Juliano Caciatori e a major Letícia Chun Pei Pan. “Para mim foi uma honra participar dessa capacitação, um desafio que vencemos”, disse a major.

Os policiais e bombeiros que completaram 30, 20 e 10 anos de serviços prestados com regime bom ou de excelente comportamento foram condecorados como a Medalha Policial Militar de Ouro, Prata e Bronze, respectivamente. Oficiais e praças perfilaram-se em frente ao palanque de autoridades e receberam a honraria das mãos dos paraninfos. “Só tenho a agradecer pelo incentivo que recebi da minha família para entrar na corporação há 10 anos, este momento é muito especial e ficará marcado na minha vida”, disse a soldado Paula Fernanda Souza Marinho, que recebeu a medalha de Bronze.

Após as homenagens houve o garboso desfile de frações de tropas representativas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, incluindo as unidades especializadas que atuam em todo o Paraná em áreas específicas de segurança pública no ar, na terra e no mar, encantando todos os presentes pela disciplina ostentada nos passos firmes dos militares estaduais.

HISTÓRIA - A Polícia Militar do Paraná foi criada em 10 de agosto de 1854 como uma unidade de Caçadores, com a denominação de Companhia de Força Policial. A função primordial da PMPR é o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública no Estado do Paraná integrando o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social do Brasil.

A história da corporação é entrelaçada aos mais importantes episódios do Paraná e sua atuação exerceu papel essencial no controle de revoltas militares internas (Revolução Federalista de 1893; Guerra do Contestado de 1912; a Revolta de 1924 e as Revoluções de 1930 e 1932), e até mesmo no maior conflito armado da América do Sul (Guerra do Paraguai).

Estiveram no evento o secretário da Casa Civil, Valdir Rossoni, o secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, o Comandante da Artilharia Divisionária, general de brigada Rodrigo Pereira Vergara, o promotor do Ministério Público Federal, Alexandro José Fernandes de Oliveira, o Comandante-Geral da PM, coronel Maurício Tortato, o Subcomandante-Geral da PM, coronel Arildo Luis Dias, a Chefe do Estado Maior da PM, coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha, o Superintendente da Agência Brasileia de Inteligência, Roberto Luis Ferreira Miranda, o Superintendente da Polícia Federal no Paraná, Rosalvo Ferreira Franco e o Chefe da Casa Militar, coronel Elio de Oliveira Manoel.

Também estiveram presentes o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, o Comandante do Cindacta II, coronel aviador Alvaro Wolnei Guimarães, o Chefe do Estado Maior da 5ª Região Militar, coronel Robert Alexandre Eiekhoff, os deputados estaduais Elio Rech, Pedro Lupion e Luiz Claudio Romanelli, o Consul Honorario da Russia, Acef Said, o delegado-geral da Polícia Civil, Julio Reis, o juiz da Vara de Justiça Militar, Davi Pinto de Almeida, além de outros convidados dos setores público e privado, oficiais e praças de todos os setores da corporação, amigos e familiares.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.