• novas viaturas
  • helicopter_graer
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Intranet
  • Estado

Policiamento da Capital

19/03/2018

Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária comemora 10 anos de atuação em todo o estado com homenagens e entrega de medalhas em Curitiba

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

Com uma década de atuação em todo o estado, o Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC) homenageou nesta segunda-feira (19/03) os policiais militares e as pessoas da comunidade que participaram da evolução e amadurecimento das atividades de policiamento preventivo feito pela unidade. Foram entregues medalhas e uma moeda comemorativa ao aniversário de dez anos do batalhão. A família do criador da unidade, ex-Comandante-Geral da PM, coronel Anselmo José de Oliveira, foi honrada e recebeu um mimo durante a solenidade.

O Secretário Chefe da Casa Militar da Governadoria, coronel Elio de Oliveira Manoel, representou o Governador Beto Richa e ressaltou que a ação preventiva feita pela unidade faz a diferença e auxilia na redução da criminalidade a médio e longo prazo. Ele foi o primeiro Subcomandante do BPEC em 2008. “É uma atuação exemplar e acima da média que contribui para a redução de todos os índices criminais para que o Paraná possa ser considerado hoje um dos estados mais seguros da Federação”, disse.

O Quartel do Comando-Geral da PM, no bairro Rebouças, foi palco da festa que teve a presença de oficiais e praças do BPEC, de outras unidades operacionais e de seções administrativas, bem como militares estaduais da reserva remunerada, ex-comandantes e pessoas da sociedade civil organizada que desenvolvem atividades em parceria com a Polícia Militar e a comunidade escolar.

Um dos destaques no evento foi a homenagem à família do ex-Comandante-Geral da PM, coronel Anselmo José de Oliveira. O pai, a irmã e a viúva do oficial receberam o carinho e a consideração do Comando-Geral da PM e do BPEC em reconhecimento a atuação do falecido coronel em prol de uma Polícia Militar mais comunitária. “É uma satisfação estar aqui porque a Patrulha Escolar foi um trabalho dele e foi um projeto maravilhoso que ajudou na segurança das crianças e dos professores”, disse José Marques de Oliveira, pai do coronel Anselmo.

Para o Comandante-Geral da PM, coronel Maurício Tortato, a parceria com a Secretaria de Educação nas ações preventivas escolares aponta para um futuro promissor aos jovens para que se insiram na sociedade com valores que elevam o direito da dignidade da pessoa humana. “São 10 anos de um batalhão que começou há praticamente 18 anos e se consolidou por um legado de um visionário e idealista que era o coronel Anselmo, para que tivéssemos esta inserção junto à comunidade escolar”, avalia.

À frente do Batalhão Escolar há quatro anos, o tenente-coronel Ronaldo de Abreu credita o sucesso da unidade a parceira com as escolas e colégios, bem como o desejo dos policiais militares em abraçar o conhecimento e a filosofia de polícia comunitária em busca de uma sociedade melhor. “Além disso, a dedicação do policial militar que recepciona a filosofia de patrulha escolar comunitária e consegue operacionalizar e disponibilizar essas informações fazem com que a sociedade paranaense seja mais humana e mais justa”, acrescenta.

A Superintendente de Educação da Secretaria de Estado de Educação, Inês Carneletto, elogiou a parceira com a Polícia Militar. “Queremos agradecer o BPEC por este trabalho constante de extrema relevância que é feito não só dentro das escolas, mas também nos arredores fazendo orientações e conciliações”, disse.

HOMENAGENS – Durante a solenidade houve a entrega de condecorações a policiais militares e cidadãos que auxiliaram no crescimento do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária e não mediram esforços para aperfeiçoar ainda mais a atuação da unidade no âmbito escolar. A Coordenadora da Ouvidoria da Secretaria de Estado da Educação, professora e advogada Margarete Maria Lemes, foi uma das agraciadas com a Moeda Comemorativa de 10 anos do BPEC. Ela, juntamente com o coronel Anselmo, idealizaram a formalização da Patrulha Escolar, uma modalidade de policiamento criada em 1994, em uma estrutura de batalhão com alcance em todo o Paraná.

“Nesse trabalho preventivo todas as técnicas de polícia foram feitas com base pedagógica visando o atendimento nas escolas e todas elas foram transformadas dessa maneira. A missão da Patrulha Escolar é atender os colégios, propiciando a aproximação da PM com a comunidade escolar”, salientou Margarete.

A cabo Iara Aparecida Silveira, que já tem 28 anos de serviços prestados à PM, também recebeu a Moeda Comemorativa em reconhecimento a sua participação no projeto Gralha Azul, uma atividade de policiamento que contava com poucas viaturas e policiais militares, mas que aplicava vontade acima das possibilidades existentes. “É muito gratificante fazer parte de um projeto que se iniciou há anos e hoje é reconhecido pela excelência no trabalho preventivo e educacional”, afirma.

O vice-governador do estado entre 2011 e 2015 e secretário da Educação entre 2011 e 2014, Flávio Arns, acompanhou a evolução do BPEC e elogiou o trabalho que vem sendo feito e também recebeu a Moeda Comemorativa. “O Batalhão da Patrulha Escolar Comunitária é um patrimônio que deve ser bem cuidado para que se expanda cada vez mais. São mais de 1 milhão de alunos atendidos só na rede estadual e mais de 2,6 mil escolas que receberam o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência [PROERD]”, destaca.

Oficiais e praças da PM, além de pessoas da comunidade, receberam medalhas de Menção Honrosa aos que contribuíram com a evolução da unidade, e as medalhas Policial Militar de Prata e Bronze para aqueles que completaram 20 e 10 anos de serviço na Corporação, respectivamente, e que tiveram a conduta excepcional.

“Ficamos satisfeitos e felizes pelo reconhecimento. Trabalhamos com honra e honestidade buscando atingir o maior número de crianças e adolescentes e para dar um norte para eles também”, disse o soldado Rodrigo Prestes de Oliveira, integrante da 5ª Companhia do BPEC em Ponta Grossa, agraciado com a medalha Menção Honrosa.

HISTÓRIA – O Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC) foi criado por meio do decreto estadual nº 2.349 em 19 de março de 2008 com o objetivo de atender as demandas de segurança pública envolvendo a comunidade escolar. Na época foram implantados os programas Patrulha Escolar Comunitária (PEC) e o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) para auxiliar no desenvolvimento de educação preventiva sobre a criminalidade e estabelecer uma cultura de paz.

No ano de 2000 o então capitão Anselmo, pertencente ao 17º Batalhão de Polícia Militar, juntamente com a advogada Margarete Maria Lemes, na época Assessora Jurídica do Núcleo Regional de Educação, desenvolveram o projeto Patrulha Escola III. Em fevereiro de 2004 recebeu a denominação de Patrulha Escolar Comunitária e, por meio do decreto 9016 de 25 de setembro de 2013 passou a ter o nome do seu idealizador, Coronel Anselmo José de Oliveira.

PRESENÇAS – Estiveram no evento o Secretário Chefe da Casa Militar da Governadoria, coronel Elio de Oliveira Manoel; o Comandante-Geral da PM, coronel Maurício Tortato; a Chefe do Estado Maior da PM, coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha; o Comandante do 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), coronel Péricles de Matos; o Diretor-Geral da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, tenente-coronel Orlando Artur da Costa; o vice-governador do estado entre 2011 e 2015 e secretário da Educação entre 2011 e 2014, Flávio Arns; o Diretor da Diretoria de Ensino e Pesquisa e Comandante da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), coronel Mauro Celso Monteiro; o Diretor da Diretoria de Pessoal, coronel Antônio Zanatta Neto; o Ajudante-Geral da PM, coronel Reginaldo Silva de Oliveira e o Diretor da Diretoria de Apoio Logístico, coronel João de Paula Carneiro Filho.

Também acompanharam a cerimônia o Presidente da Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares do Paraná (ASSOFEPAR), coronel da reserva remunerada Isaías de Farias; o Presidente da Fetranspar, coronel da reserva remunerada Sérgio Malucelli; o prefeito de Toledo, Lucio de March, além de demais oficiais e praças da corporação e convidados.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.