• novas viaturas
  • helicopter_graer
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Intranet
  • Estado

Administrativo

11/04/2018

Primeira mulher assume o Comando-Geral da Polícia Militar do Paraná em 163 anos de história; Governadora Cida Borghetti preside a solenidade

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

Após 163 anos de história, a Polícia Militar do Paraná recebeu na manhã desta quarta-feira (11/04) sua primeira Comandante-Geral. A coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha assumiu a função durante uma cerimônia presidida pela Governadora Cida Borghetti na Academia Policial Militar do Guatupê (APMG) em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O coronel Maurício Tortato, que estava na função desde 2015, foi designado como Secretário Chefe da Casa Militar da Governadoria.

“É uma satisfação e uma honra empossar a primeira mulher Comandante da Polícia Militar do Paraná. A coronel Audielene tem uma folha de serviços prestados a gloriosa instituição e domínio da tropa, reunindo condições para comandar este alto posto e será, em 163 anos, a primeira mulher a chefiar este cargo. No Brasil apenas duas mulheres desempenharam esta função e acredito que a coronel Audilene trará a serenidade, a determinação, o compromisso e a força da mulher. É um novo momento em que o Paraná está sendo pioneiro em várias questões e o que buscamos é um estado melhor, com segurança de qualidade”, afirmou a Governadora.

Cida Borghetti também agradeceu a colaboração, o apoio e o comprometimento do coronel Tortato à frente da corporação. “Ele aproximou ainda mais a Polícia Militar do cidadão e disseminou as boas práticas de gestão e o exercício constante dos direitos humanos e da democracia. Suas qualidades estão alinhadas ao que acreditamos ser importante para conduzir o destino do nosso Paraná. Assume agora a função de Secretário Chefe da Casa Militar da Governadoria, passando assim a integrar a equipe de Governo que trabalhará para alcançar o pleno desenvolvimento do estado e dos paranaenses, com o objetivo de melhorar a vida das pessoas. Parabéns pelo brilhante trabalho e boa sorte nos novos desafios”, acrescentou.

O Secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Júlio Reis, parabenizou a coronel Audilene pela conquista e agradeceu ao coronel Tortato pela dedicação em prol da corporação. “Audilene é uma mulher extremante capacitada, sensível e, ao meu ver, tem todos os requisitos para assumir o Comando-Geral da PM. Faço questão ainda de salientar a capacidade do coronel Tortato, um dos Comandantes-Gerais mais respeitados neste país, demonstrando a admiração que ele possui tanto dos policiais militares quanto da sociedade”, destacou.

O evento iniciou-se com as honras militares e a apresentação regulamentar feita pelo Comandante da tropa, tenente-coronel Sérgio Augusto Ramos. Em seguida ocorreu a leitura do ato oficial de exoneração do Comandante sucedido, coronel Tortato, e do elogio a este Oficial, no qual a Governadora Cida Borghetti ressaltou seus feitos a frente da instituição. Também foi feita a leitura do ato oficial de nomeação da nova Comandante-Geral, coronel Audilene.

O ato oficial de passagem do cargo foi presidido pela Governadora Cida Borguetti. Na ocasião a coronel Audilene recebeu a espada, elemento simbólico que representa a justiça e autoridade do oficial comandante da corporação, e as platinas de Comandante-Geral da Polícia Militar do Paraná, que foram colocadas em seus ombros.

“Os desafios foram muito grandes, trabalhamos de modo exaustivo e sabemos das nossas limitações. Acredito que neste processo continuado iremos nos somar ao atual Comando para melhorar as condições de trabalho e cumprir nosso desígnio constitucional de preservar a ordem e proteger nosso cidadão paranaense. Para mim é um encerramento de carreira no âmbito da Polícia Militar com valores dignificantes de um profissional e a alegria de passar o Comando-Geral para minha colega de turma, aspirante de 1987, minha amiga, que é a primeira mulher que chega ao comando da corporação pelas suas honrosas virtudes e sua carreira, tornando-a merecedora. É um momento de festejar e também de qualificação da PM na certeza de um futuro melhor”, destacou o coronel Tortato.

O coronel Tortato assumiu o Comando da Polícia Militar em 21 de maio de 2015 e agora, após passar a função, será o Secretário Chefe da Casa Militar da Governadoria. Ele ingressou na PM do Paraná no ano de 1985, aspirante a partir de 1987. Como oficial superior comandou o 17º Batalhão da PM, em São José dos Pinhais, foi diretor da Diretoria de Apoio Logístico (DAL) da corporação, chefe do Estado Maior, responsável pela Corregedoria da PM e também foi Diretor-Geral da Secretaria da Segurança Pública.

A coronel Audilene, que tem 52 anos, é a primeira mulher a assumir o Comando-Geral da Polícia Militar do Paraná e possui um vasto currículo na segurança pública, integrando a corporação há 33 anos. Atualmente desempenhava a função de Chefe do Estado Maior da PM. “É uma grande honra assumir uma corporação deste nível, mas por outro lado entendo a responsabilidade do cargo em relação à corporação e à sociedade, que é nosso maior patrimônio, e devemos servir cada vez melhor. O desafio é dar continuidade e, na medida do possível, ampliar este trabalho, pois nosso objetivo é dar uma prestação de serviço de qualidade para a comunidade”, disse a Comandante-Geral da Polícia Militar.

A atual Comandante-Geral da PM já foi chefe do 3º Comando Regional de Maringá, que abrange as regiões de Maringá, Paranavaí, Campo Mourão, Umuarama e Arapongas. Também comandou interinamente o 8º Batalhão de Paranavaí e no 4º Batalhão de Maringá passou pelo Pelotão de Trânsito, chefe da Seção de Inteligência e outros setores. A coronel Audilene é Bacharel em Segurança Pública e em Direito, é formada em Magistratura pela Escola Superior de Magistratura do Paraná, tem especialização em Planejamento e Controle da Segurança Pública, além de especialização em Gestão de Pessoas.

De acordo com a coronel Audilene a sociedade evoluiu e durante muito tempo exigiu bastante da mulher. “Hoje conseguimos demonstrar nossa capacidade dentro da corporação e em qualquer lugar que escolhermos. Sou a prova disso, tanto que cheguei no último posto da Polícia Militar e na função de Comandante-Geral pelo reconhecimento do meu trabalho. No inicio da carreira minha preocupação era não permitir que o fato de ser mulher interferisse na minha técnica e capacidade de avaliação, abrindo espaço para outras que viriam. Vou dar continuidade ao trabalho que já vinha sendo desenvolvido na corporação e faremos o melhor em prol da sociedade”, finalizou.

Durante a solenidade o coronel Tortato, acompanhado da sua esposa, filha e demais familiares inaugurou seu retrato na galeria dos ex-Comandantes-Gerais da PM. Em seguida o oficial entregou para sua esposa uma homenagem pela compreensão, atenção e carinho a ele dedicado durante o período em que esteve no Comando da corporação.

Em continuidade à cerimônia, os Comandantes sucessor e sucedido fizeram a tradicional revista à tropa, durante a qual foi lido o curriculum da Comandante-Geral da PMPR. Logo após, o efetivo dos batalhões e unidades especializadas da Polícia Militar desfilaram em continência a coronel Audilene sob os acordes da Banda de Música da PM.

Prestigiaram o evento, além da Governadora do Estado do Paraná, Cida Borghetti, o Presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Luiz Traiano; o Presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, Desembargador Renato Braga Bettega; o vice-Prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel; o Comandante da 5ª Região Militar, general de brigada Alessio de Oliveira da Silva; o ex-Governador do PR, Orlando Pessuti; o Chefe da Casa Civil, Silvio Barros; o Secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Júlio Reis; o Secretário de Estado da Administração e da Previdência, Fernando Eugênio Ghignone; o Secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani; o Secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antônio Carlos Benetti; a Secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; e o Superintendente da Agência Brasileira de Inteligência, Roberto Luiz Ferreira Miranda.

Também estiveram na solenidade os deputados estaduais Alexandre Maranhão, Claudia Pereira, Maria Victória, Pedro Deboni, Tiago Amaral e Rubens Recalcatti; o Subcomandante-Geral da PMPR, coronel Arildo Luis Dias; o Comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Fábio Mariano de Oliveira; o Subcomandante-Geral da PM de Santa Catarina, coronel Claudio Roberto Koglin; o Subcomandante do Corpo de Bombeiros da PMPR, coronel Edemilson de Barros; o coronel Newton da PM do Distrito Federal; o coronel da reserva remunerada Antônio Michaliszyn; o Desembargador do Tribunal de Justiça, Dartagnan Serpa Sá; o Desembargador do Tribunal de Justiça, Antônio Loyola; a Desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho, Rosemarie Pimpão; o Prefeito de São José dos Pinhais, Toninho da Farmácia; o Cônsul da Rússia, Assef Saldi; o Cônsul do Japão, Nalto; o Juiz de Direito da Justiça Militar Estadual, David Pinto de Almeida; o Promotor da Vara da Auditoria da Justiça Militar Estadual, Misael Duarte Pimenta Neto; bem como oficiais comandantes e demais integrantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros da Capital, da Região Metropolitana, Litoral e Interior do estado; oficiais da ativa e da reserva remunerada; representantes dos poderes constituídos, convidados e a comunidade.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.