• novas viaturas
  • helicopter_graer
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Intranet
  • Estado

Administrativo

10/09/2011

Paraná envia aeronave do Grupamento Aéreo para ajudar vítimas das enchentes, em Santa Catarina

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

Por determinação do Governador Beto Richa, a Polícia Militar do Paraná enviou no início da tarde deste sábado (10) uma aeronave e quatro tripulantes do Grupamento Aéreo (Graer) para ajudar no resgate e socorrimento das vítimas das enchentes que vem castigando algumas cidades de Santa Catarina, nos últimos dias. A equipe enviada é composta por um piloto, um co-piloto e mais dois tripulantes especializados neste tipo de trabalho, e que já atuaram naquele estado em 2008. 

“Realizaremos trabalhos de defesa civil como busca, resgate e salvamento e entrega de medicamentos e alimentação principalmente para pessoas que estiverem ilhadas”, descreve o Comandante do Graer, tenente-coronel Orlando Artur da costa. Em Santa Catarina, a aeronave paranaense se junta com aeronaves da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil, todas estas forças de segurança do estado vizinho. 

A equipe enviada para santa Catarina é formada por policiais e bombeiros militares com a missão de ajudar as vítimas daquele estado. “A idéia e levar todo o material necessário e cuidar do funcionamento do helicóptero para não dar trabalho às outras equipes, e sim ajudar”, explica o tenente-coronel Artur. De acordo com o comandante da equipe enviada, capitão William Fávero, a concentração de esforços maior será em Rio do Sul, uma das mais atingidas. 

“Atuaremos no vale do Itajaí, Blunemau e Rio do Sul, todas cidades amplamente atingidas pelas chuvas dos últimos dias. Nossas ações se darão por tempo indeterminado, ou seja, enquanto for necessário estaremos na região à disposição da Defesa Civil do estado vizinho”, disse o capitão. 

A equipe enviada – composta pelos capitães Fávero (Comandante Aeronave) e Adilar Marcelo de Lima (co-piloto) e pelos sargentos Giovani Cupka e Luciano Roberto Frezato (tripulantes operacionais multimissão) – já vivenciou outras situações parecidas como esta, por exemplo no Rio de Janeiro, no início deste ano, e em Santa Catarina, que já foi atingida por fortes chuvas em 2008. 

AERONAVE – O helicóptero enviado pelo Graer à Santa Catarina é o Falcão 3, modelo EC 130, com capacidade para sete pessoas a bordo, mais os equipamentos e, se necessário, mais mil quilos de carga pendurados em um gancho externo. A equipe levou a bordo cordas (para caso seja necessário a realização de rapel ou remoção e pessoas), maca e outros materiais de primeiros socorros. “Somos um dos estados mais próximos, com experiência na área e equipamentos necessários, por isso fomos acionados”, disse Fávero. 

SANTA CATARINA – Segundo informações divulgadas neste sábado, 60 mil pessoas já abandonaram suas casas em Santa Catarina por conta das enchentes e 200 mil moradores estão sem água (com previsão de restabelecimento neste domingo (11). 36 cidades estão em situação de emergência e três em estado de calamidade pública. O nível do Rio Itajaísul está baixando lentamente. 

Foto: Graer





Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.