• novas viaturas
  • helicopter_graer
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Intranet
  • Estado

Meio Ambiente

15/07/2012

Polícia Ambiental comemora 55º aniversário com entrega de medalhas e lançamento de uniforme

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

Em comemoração ao 55º aniversário da Polícia Militar Ambiental – da Polícia Militar do Paraná – mais de 40 medalhas de Mérito Ambiental foram entregues entre militares estaduais e civis que de alguma forma contribuíram com a causa ambiental nos últimos anos. O novo uniforme da unidade também foi apresentado. O evento aconteceu nesta sexta-feira (13) no Quartel do Comando Geral, em Curitiba, capital do estado. 

Entre os presentes estavam o Diretor Geral da Casa Militar da Governadoria major Élio de Oliveira Manoel (que representou o Governador Beto Richa), o Diretor Geral da Secretaria de Estado da Segurança Pública Adalberto Souza (que representou o secretário da pasta Reinaldo de Almeida Cesar), o Comandante Geral da Polícia Militar coronel Roberson Luiz Bondaruk, o Comandante do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) tenente-coronel Chehade Elias Geha, além do prefeito da cidade Luciano Ducci, comandantes de unidades da PM, representantes do exército e de ouras forças, oficiais e praças da corporação. 

Entre os agraciados pela medalha de Mérito Ambiental, estão ex-comandantes da unidade especializada em meio ambiente, comandantes de unidades da PM, chefes de sessões e civis. Além da entrega de medalhas, no evento também foi lançado o novo uniforme da Polícia Ambiental que serve como camuflagem na selva. 

“A nova farda é mais operacional que a antiga, uma vez que é composta pelas cores da própria natureza. Esse uniforme, além de ser feito de um tecido melhor, mais confortável, mais resistente, o que dá mais proteção ao policial, também protege em ações que ocorram no meio ambiente”, afirmou o Comandante Geral da PM coronel Roberson. 

POLÍCIA AMBIENTAL – Criado em 1957, o Batalhão de Polícia Ambiental é responsável pelo policiamento ostensivo de forma preventiva e repressiva, com a finalidade de coibir e dissuadir ações que representem ameaças ou depredações da natureza, zelando pelo cumprimento da legislação ambiental em vigor de defesa da flora e fauna silvestres dos 399 municípios do Paraná. 

“O Batalhão de Polícia Ambiental desempenha um papel fundamental, porque hoje o mundo respira ares de preservação ambiental e, esta unidade já se desdobra há 55 anos para proteger o meio ambiente do Paraná”, exaltou o Comandante Geral. “Sem falar que a natureza é vida, sem ela o ser humano não é nada”, completou. 

À frente do Comando da Polícia Ambiental desde fevereiro, o tenente-coronel Chehade considera o trabalho da Polícia Ambiental indispensável e lembra que ela atua com serviços de preservação da natureza e repressão aos crimes ambientais por meio do patrulhamento, da fiscalização e proteção de florestas e rios. 

“É um batalhão de suma importância para o Estado e corporação. Abrangemos todos os municípios do estado do Paraná e cuidamos inclusive dos nossos mares, então hoje estamos muito bem estruturados e a resposta para a conservação do meio ambiente tem sido de primeira qualidade”, afirmou Chehade. 

GUARDIÕES DA NATUREZA – O Guardiões da Natureza – projeto que conscientiza crianças sobre a preservação ambiental – também ganhou um novo uniforme, camuflado e mais militarizado. O projeto, desenvolvido desde 2008, é voltado para crianças de 10 a 14 anos de escolas municipais que, através de convênio, participam de aulas de instrução prática e teórica de preservação do meio ambiente e ações de civismo. Novas turmas devem ser anunciadas ainda este ano. 

Para Chehade, o Guardiões da Natureza é uma forma de favorecer o futuro das crianças e da sociedade. “O projeto ajuda as crianças a crescerem e se fortalecerem para que sejam homens e mulheres melhores amanhã, preocupados com a causa ambiental”, afirmou. 

“Nós usamos as crianças como instrumentos para conscientizar toda a comunidade, já que é uma forma de educar dentro de casa. Transmitimos alguns conhecimentos de meio ambiente para elas, as quais repassam entre os familiares e os colegas da escola de forma natural”, afirmou o soldado Welton Luiz Cunico Loureiro, um dos instrutores do projeto. 

A fim de aprender a preservar o meio-ambiente, o aluno de 11 anos do Colégio Estadual Alexandre Leon de Cordeiro Bordes, Bruno Henrique Amaral, acredita que o projeto é importante para o cuidado com a natureza. “Se eu vejo alguém jogando lixo na rua, eu falo que a atitude vai ser pior pra gente no futuro”, explicou. “Antes eu não ligava muito recolher o lixo do chão, hoje jogo no lugar certo. Estamos tentando ajudar a natureza”, afirmou Renan dos Santos Oliveira, colega de Bruno. 

*Colaboração: Idionara Bortolossi - Estagiária de Jornalismo


Fotos: Cabo Daniel meneghetti.

   

   

   

   

   

   

   

   

   

   
Comandande Geral da PM,Cel. Roberson

   

   
                                                                           Comandande Geral da PM,Cel. Roberson

   

   


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.