Revolução de 1932

A Revolução Constitucionalista de 1932, também conhecida como Guerra Paulista, foi o movimento armado ocorrido no estado de São Paulo, entre julho e outubro de 1932, que tinha por objetivo derrubar o governo provisório de Getúlio Vargas e a convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte.

A Polícia Militar, comandada pelo Coronel Airton Plaisant, foi mobilizada e posta à disposição do governo federal, quando o país novamente foi convulsionado pelo movimento rebelde originado no Estado de São Paulo, em julho de 1932, marchando para as fronteiras daquele Estado, na zona da Ribeira, ficando conhecida como coluna Plaisant.

Esta Corporação destacou-se extraordinariamente nas missões pesadíssimas que lhe foram confiadas no decorrer da luta recebendo das autoridades e governos federais e estaduais os mais estrondosos elogios pela conduta que demonstrou, com admiráveis provas de disciplinas e lealdade registrando neste acervo vários Oficiais feridos e algumas Praças mortas e feridas em combates em que tomou parte.

  • Revolução de 1932