Curitiba recebe reforço de policiamento da PM com a Operação Todos Por Um
10/09/2019 - 15:50

Por Marcia Santos

Jornalista PMPR

 

Motos, viaturas e módulos móveis da PM foram aplicadas pelo 1° Comando Regional da PM (1° CRPM) para reforçar o patrulhamento nos bairros da Capital nesta terça-feira (10/09). A iniciativa faz parte da Operação Todos Por Um, com o objetivo de reprimir crimes e intensificar a presença de equipes policiais nos locais em que há mais necessidade. Ao todo, são 185 policiais militares e 96 viaturas.


A operação foi lançada no Parque Cambuí, no bairro Fazendinha, de onde as viaturas e equipes se espalharam em diversos pontos das regiões comerciais e residenciais, entroncamento de vias e regiões com maior concentração de pessoas e de veículos. Praças e outros espaços públicos também receberão mais policiamento.


“Objetivo é reduzir ainda mais os índices de ocorrências, então temos integrantes de serviço de inteligência fazendo buscas, verificando questões relacionadas a tráfico de drogas. As ações serão desencadeadas em toda Curitiba, com o envolvimento dos nossos valorosos profissionais no sentido de procederem abordagens e a retirada de circulação dessas pessoas que estejam praticando algum ilícito penal ou que são procuradas pela justiça”, disse o Comandante da Operação, tenente-coronel Marcos Sperka, que também é Comandante do 23º Batalhão.


A Operação Saturação faz parte do planejamento do 1º Comando Regional da PM, que tem redobrado as atividades de prevenção e presença em toda a cidade, com operações específicas de acordo com a necessidade de cada região.


Desde o início do ano houve a readequação no policiamento, com o uso de módulos móveis por meio da Companhia de Eventos. Neste mês de agosto, foram desencadeadas as operações Tático Móvel, e antes a Operação 100, a maior operação policial já feita na Capital.

 

O tenente-coronel Sperka acredita que além de fortalecer a prevenção, as ações da Polícia Militar podem ser um facilitador para a aproximação da comunidade. “Essa participação é muito significativa, a população pode nos repassar denúncias e informações que resultam em prisões e apreensões”, explicou.


Efetivos do 12º, 13º, 20º e 23º Batalhões da Polícia Militar, que fazem o trabalho ostensivo diuturnamente, aplicam as equipes de Radiopatrulha, de Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) e de Rondas Ostensivas com Aplicação de Motocicletas (ROCAM). Cada unidade atuará em sua área de atuação. O Regimento de Polícia Montada (RPMon) contará com equipes hipomóveis em pontos estratégicos da cidade, assim como a Companhia Tático de Trânsito (COTAMOTRAN) do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), com blitze e operações para flagrar crimes de trânsito.

GALERIA DE IMAGENS