Policiais e bombeiros militares começam a ser vacinados contra a Covid-19 em todo o estado
07/04/2021 - 16:01

Os policiais e bombeiros militares que estão na linha de frente no combate à Pandemia já começaram a ser vacinados contra a Covid-19 em todo o estado. A imunização começou na terça-feira (06/04) nas 22 Regionais de Saúde do Estado. Além dos que atuam no serviço operacional, os militares estaduais mais antigos também recebem a primeira dose do imunizante. No total, nesta primeira etapa, as doses estão sendo destinadas a 1.298 policiais e bombeiros militares.

De acordo com o Subcomandante-Geral da PM, coronel Rui Noé Barroso Torres, os primeiros militares estaduais a serem imunizados pela Corporação foram escolhidos pelos critérios de atividade operacional e por faixa etária, em consonância com as exigências da saúde.

"Neste momento os policiais militares que estão na linha de frente, atuando nas ruas, estão sendo os primeiros a serem imunizados. Nosso compromisso é que todo o efetivo seja vacinado, pois esses profissionais estão trabalhando com dedicação desde o início da pandemia, no serviço ordinário e também nas operações de fiscalização, auxiliando nas orientações à população sobre o cumprimento das medidas sanitárias previstas em decreto estadual", explicou o coronel Barroso.

Ainda segundo o coronel Barroso, as vacinas, disponíveis nas 22 Regionais de Saúde do Estado, serão aplicadas aos profissionais de forma proporcional, contemplando todos os Comandos Regionais de Polícia Militar e de Comandos Regionais de Bombeiros. "Os militares estaduais foram notificados para receberem a vacina e orientados a fazer o cadastro no aplicativo da Saúde para fazer o agendamento do dia e horário para receber a dose", disse o coronel.

Neste primeiro lote foi contemplado 6% do efetivo total da Polícia Militar, conforme o acerto entre as instituições de segurança pública do estado com a Secretaria de Estado da Saúde e com a Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Para o coronel Barroso esse é, também, um reconhecimento do trabalho feito pela Polícia Militar, que tem atuado na linha de frente no combate à pandemia. “Esses policiais e bombeiros militares estão se expondo diariamente no contato com as pessoas e isso é uma preocupação, por isso é uma satisfação poder vacinar o nosso efetivo”, complementou.

A previsão é que até o final de maio todas as forças de segurança pública e salvamento e Forças Armadas que atuam no Paraná tenham recebido a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A distribuição segue os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, que enviará periodicamente novos lotes.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias