BPMOA leva vítima de AVC da Ilha do Mel a hospital de Paranaguá em sete minutos
11/02/2022 - 18:34

Uma equipe de militares estaduais do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) fez a remoção aeromédica de um homem com suspeita de Acidente Vascular Cerebral (AVC), em apoio ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), nesta sexta-feira (11). O transporte do homem, de 74 anos, levou em torno de sete minutos da Ilha do Mel ao Hospital Regional de Paranaguá.

O comandante da aeronave, tenente Henrique Arendt Neto, explica que mesmo com os casos de infarto ou AVC sendo clínicos, o apoio do BPMOA ao SAMU (responsável pelos atendimentos desta natureza) é crucial para salvar vidas. “Casos como este demandam transporte imediato ao hospital. Alguns procedimentos médicos têm prazos curtos que, caso não sejam feitos a tempo, resultam em complicações mais graves”, disse.

O BPMOA foi acionado pela regulação do SAMU Litoral para dar apoio no transporte do um homem, com suspeita de AVC. Na ação, a vítima foi atendida e estabilizada pela equipe do batalhão ainda no local.

“Como o homem estava na ilha, ele poderia ser levado de barco ao hospital, o que levaria em torno de 50 minutos a uma hora, ou com nosso helicóptero que, de onde ele estava até o Hospital Regional de Paranaguá levou em torno de sete minutos”, contou.

Nesta ação, foi utilizada o helicóptero Falcão 08, equipado com toda a estrutura necessária para dar agilidade na remoção e segurança para a tripulação e para a equipe médica já embarcada.

RECENTE – Outra ação semelhante do BPMOA aconteceu na sexta-feira passada (04), também em apoio ao SAMU, na qual uma equipe do batalhão fez a remoção aeromédica de uma vítima de infarto de Guaratuba até Curitiba. O transporte entre as cidades, que levaria cerca de duas horas de carro, ocorreu em menos de 25 minutos, com o uso da aeronave Falcão 06.

GALERIA DE IMAGENS