Com apoio de helicóptero do BPMOA, criança e pai desaparecidos em matagal são resgatados na RMC
09/07/2020 - 16:52

Marcia Santos
Jornalista Responsável

 

Um menino de oito anos e o pai, de 29, foram resgatados sem ferimentos na tarde desta quinta-feira (09/07) na área rural de Itaperuçu, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A ação envolveu os policiais militares do 22° Batalhão de Polícia Militar (22°BPM), que acionaram auxílio aéreo do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), depois de receber um chamado  da Central de Operações Policiais Militares (COPOM).

De acordo com o Coordenador de Policiamento de Unidade (CPU) do dia, tenente Raphael Gumbowski Narciso, a família acionou a PM após o homem sair de casa pela manhã com o filho, que é diabético e necessita tomar insulina duas vezes por dia, e  não retornou para casa. “Uma equipe da PM foi até a residência e os familiares contaram que o rapaz teve uma visão de que se levasse o filho ao matagal, lá receberia a cura da doença. Logo cedo ele pegou a criança, saiu e não retornou mais”, disse.

Desesperados, os familiares pediram ajuda à PM e as buscas foram iniciadas ainda pela manhã. Os militares do 22° BPM repassaram a informação aos policiais do Falcão 03, que mesmo sem uma região de busca definida, resolveram estrategicamente sobrevoar a zona rural de Rio Branco do Sul. Do alto, a equipe do BPMOA visualizou um homem caminhando pela estrada, descalço, com uma criança com as mesmas características que a família dos desaparecidos descreveram, e indicaram a localização aos policiais que estavam na viatura em solo. "Rapidamente foi feito o atendimento e ele e o pai foram levados para uma unidade da PM, ao encontro da família”, complementou o tenente Gumbowski.

A família foi ao encontro de pai e filho na unidade da PM de Rio Branco do Sul. Dali, o menino foi levado ao hospital da cidade, pois estava debilitada por conta da falta de insulina. Já o pai foi entregue a uma unidade psiquiátrica, por sofrer de distúrbios psicológicos. O Conselho Tutelar foi acionado e acompanhou os trâmites junto aos policiais militares.

GALERIA DE IMAGENS