Durante blitz educativa, BPTran distribui cartilhas e bafômetros descartáveis para motoristas em Curitiba
24/09/2021 - 09:51

Em continuidade às ações da Semana Nacional do Trânsito, o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) fez uma blitz educativa na tarde de quinta-feira (23/09) e distribuiu cartilhas e bafômetros descartáveis. A ação aconteceu em uma das avenidas mais movimentadas de Curitiba, a Victor Ferreira do Amaral, que liga a Capital à Região Metropolitana de Curitiba (RMC).


De acordo com a oficial de Relações Públicas da unidade, tenente Jaqueline Mayra Tonelli, o objetivo da blitz é conscientizar os motoristas sobre as leis de trânsito. “A prevenção é muito importante quando se trata do trânsito, pois assim nós estamos preservando vidas e também os bens materiais das pessoas”, disse.


EMBRIAGUEZ – Segundo os dados mais recentes do BPTran, apenas entre janeiro e agosto deste ano, em Curitiba, a unidade registrou 3.192 acidentes de trânsito, destes 329 envolviam condutores embriagados. No mesmo período do ano passado, foram 3.160 acidentes, dos quais 318 haviam motoristas embriagadas.


O aumento no número de acidentes envolvendo pessoas embriagadas também resultou no aumento de mortos e feridos, sendo registrado quatro mortes e 112 pessoas feridas em 2021, contra duas mortes e 107 feridos no mesmo período do ano passado.


Ainda de acordo com os dados, neste ano, o BPTran fez 373 prisões por embriaguez, destas 296 foram durante acidentes de trânsito e 93 durante operações. Em contrapartida, em 2020 foram 364 prisões, sendo 293 em acidentes e 71 durante operações.


Segundo a tenente Tonelli, a escolha da Avenida Victor Ferreira do Amaral foi estratégica pelo volume de veículos que passam por ela vindo da RMC para a Capital. “Essa é uma via de entrada na cidade e apenas neste ano ela já registrou 43 acidentes, estando em quarto lugar na classificação de vias com mais acidentes em Curitiba”, explicou.


O bloqueio iniciou por volta das 16 horas em frente ao pátio do Detran, no bairro Capão da Imbuia, os policiais solicitaram, aleatoriamente, que os motoristas de carros parassem e a eles foi entregue uma cartilha educativa para colorir para as crianças, uma cartilha sobre os cuidados no trânsito, como não ingerir bebidas alcoólicas, não exceder o limite de velocidade e respeitar os pedestres, entre outros.


Em outra cartilha também contém informações sobre a importância do cinto de segurança e como a falta do uso adequado pode salvar a vida de todos que estão no automóvel. Os motoristas também entregaram um bafômetro descartável para conscientizar sobre os riscos de beber e dirigir.


Um dos motoristas que foram parados na blitz foi o Diego Alves Prestes, que mora em Curitiba, trabalha na cidade de Pinhais e que faz esse caminho sempre de carro. “É muito importante conscientizar os motoristas, pois é possível perceber que muitos ainda arriscam muito no trânsito colocando a em risco a vida de muitas pessoas”, disse.


“Gostei muito da ideia de conscientizar os motoristas, principalmente os mais jovens, desde as crianças até aqueles que estão começando a dirigir”, disse a Patrícia Bessada, que passou pela blitz e estava com os seus filhos junto.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias